Você está em: Inicial » Galiza // Hino » HINO DA GALIZA

HINO DA GALIZA

Que di’m os rumorosos

na costa verdejante,

ao raio transparente

do plácido luar?;

que di’m as altas copas

de escuro arrume arpado

co seu bem compassado

monótono fungar ?

“-Do teu verdor cingido

e de benignos astros,

confim dos verdes castros

e valoroso clã,

não dês a esquecimento

da injúria o rude encono:

desperta do teu sono,

fogar de Bregoã!

Os bons e generosos

a nossa voz entendem

o nosso rouco som,

mais só os ignorantes

e ferridos e duros,

imbécis e escuros

não nos entendem, não.

Os tempos são chegados

dos bardos das idades,

que as vossas vaguidades

cumprido fim terão;

pois, onde quer, gigante

a nossa voz pregoa

a redenção da boa

nação de Bregoã.

Teus filhos vagarosos,

em quem honor só late,

o intrépido combate

dispondo o peito vão:

sê, por ti mesmo, livre

da indigna servitude

e de aprobioso alcume,

região de Bregoã !

À nobre Lusitânia

os braços tende amigos,

que os eidos veem, antigos,

com um pugente afã,

e cumpre as vaguidades

dos teus soantes pinos,

duns mágicos destinos,

à grei de Bregoã !

Amor da terra verde,

da verde terra nossa,

acende a raça briosa

de Ousinde e de Froxã,

e, nos seus garridos

justilhos mal contreitos,

os doces e alvos peitos

das filhas de Bregoã:

que à nobre prole ensinem

fortíssimos acentos

que as virgens só bem ‘stão,

mas os robustos ecos

que ó pátria,bem recordas,

das sonorosas cordas

das harpas de Bregoã!

Estima não se alcança

cum vil gemido brando,

qual quem requer rogando

com voz que esquecerão,

mas cum rumor gigante,

sublime e parecido

o intrépido sonido

das armas de Breogã !

Galegos sede fortes,

prontos a grandes feitos,

aparelhai os feitos,

aparelhai os peitos

a glorioso afã !;

filhos dos nobres celtas,

fortes peregrinos,

lutais pelos destinos

dos eidos de Bregoã ! “

Deixe um comentário





Voltar à página anterior Imprimir esta página

Patrocinadores

  • logo_aa

Design e Desenvolvimento - MagicSite Internet Solutions