Você está em: Inicial » Angola // Brasil // Cabo Verde // Curiosidades // Galiza // Goa, Damão e Diu // Guiné-Bissau // Macau // Matérias Especiais // Moçambique // Países // Portugal // São Tomé e Príncipe // Timor Leste » ELEIÇÕES MAJORITÁRIAS

ELEIÇÕES MAJORITÁRIAS

Roldão Simas

03:24 (Há 7 horas)

para

Eleições majoritárias

 

      A votação em dois turnos tem como objetivo a eleição do candidato por maioria absoluta dos votos, o que dá total legitimidade ao resultado. Por outro lado, permite, no primeiro turno, que o eleitor tenha maior liberdade de escolha do partido e candidato, sem a preocupação no “voto útil”.

      A pluralidade de partidos amplia as opções pelos matizes ideológicos, sem o maniqueísmo forçado de apenas dois partidos, como houve no período dos governos militares.        

      A desvinculação da votação para presidente da República e governador do Estado é mais uma liberdade de escolha.

       Por isso tudo, não há porque votar em branco, o que favorece o mais votado, ou ficar constrangido à escolha de um dos três principais candidatos. Se nenhum deles inspirar confiança, há outros oito na disputa para a presidência. Existem partidos à direita e à esquerda. Existem partidos religiosos, revolucionários, radicais e ambientalistas para todos os gostos.

 

                                                                                      RSF

      


Deixe um comentário





Voltar à página anterior Imprimir esta página

Patrocinadores

  • logo_aa

Design e Desenvolvimento - MagicSite Internet Solutions