Você está em: Inicial » Angola // Brasil // Cabo Verde // Crônicas // Galiza // Goa, Damão e Diu // Guiné-Bissau // Macau // Matérias Especiais // Moçambique // Países // Portugal // São Tomé e Príncipe // Timor Leste » PAPA E PUTIN

PAPA E PUTIN

Carta do Papa Francisco ao Presidente Putin

Carta do Papa Francisco ao Presidente Putin

 

Repasso

Interessante. A grande Imprensa brasileira que divulgou com exagero a visita do Papa ao Brasil, praticamente silenciou com relação à posição do Papa contra os bombardeios à Síria. Francisco I chegou a convocar os católicos para um dia de jejum pela paz na Síria. (Estaria defendendo os cristãos sírios que unanimente estão com o Assad?). O mais impressionante foi a carta que o Papa enviou ao presidente da Rússia (música para os ouvidos de Putin). Posicionou-se claramente contra o bombardeio da Síria, contra, portanto, as posições do Obama e Hollande. A Grande Mídia brasileira (incluo principalmente O Globo, o Estadão e a TV Globo, que conheço bem) geralmente tem uma política internacional pró – EUA. Vê com desconfiança a Rússia e a China e descarta a política externa desses dois países. Entretanto a tal grande Mídia tem criticado a vacilação do Obama. Crêem que ele deveria já ter bombardeado as posições do Assad há muito tempo.

Ahora bien, como dizem os castelhanos, essa carta do Papa ao Presidente Putin, cuja tradução transcrevo abaixo, normalmente seria manchete de primeira parte.

Pergunto: teve essa carta grande repercussão nos EUA? Na Europa sim, teve grande repercussão.

 

CS

  

 

Carta do Papa Francisco a Vladimir Putin tratando da Síria


Por Francisco 08/09/2013 às 12:13

Ademais, todos os governos tem o dever moral de fazer tudo o que for possível para assegurar assistência humanitária àqueles que estão sofrendo devido ao conflito, tanto dentro quanto fora das fronteiras do país.

 

Carta do Papa Francisco a Vladimir Putin tratando da Síria

by Pope Francis, por Papa Francisco
Voltaire Network | Vatican City | 5 September 2013
italiano français

Para sua Excelencia Mr. Vladimir Putin, presidente da Rússia

No decorrer deste ano, V. Exa. tem a honra e a responsabilidade de presidir o Grupo das 20 maiores economias do mundo. Estou a par de que a Rússia faz parte deste grupo desde a sua criação e que sempre desempenhou um papel positivo no fomento do bom governo das finanças do mundo., as quais tem sido profundamente afetadas pela crise de 2008.

No atual contexto altamente interdependente, é necessário um quadro financeiro global com suas próprias regras justas e claras para que se atinja um mundo mais fraternal e equitativo, no qual seja possível superar a fome, assegurar moradia e emprego dignos para todos, bem como cuidados de saúde essenciais. Sua presidência do G20 neste ano se comprometeu a consolidar a reforma das organizações internacionais e a obtenção de um consenso nos padrões financeiros adequado as circunstâncias atuais.

No entanto, a economia mundial só se desenvolverá se permitir uma forma de vida digna para todos os seres humanos , do mais velho ao feto, não apenas para os cidadãos dos estados membros do G20 mas também para todos os habitantes do planeta, mesmo aqueles em situações sociais extremas ou os de locais mais remotos.

Deste ponto de vista, está claro que, para as pessoas do mundo, conflitos armados são sempre uma negação deliberada da harmonia internacional, e criam profundas divisões e profundas feridas que requerem muitos anos para cicatrizar. Guerras são uma recusa concreta de perseguir as grandes metas econômicas e sociais que a comunidade internacional estabeleceu pra si mesma, como visto, por exemplo, nas Metas de Desenvolvimento do Milênio. Infelizmente, os muitos conflitos armados que continuam a afligir o mundo hoje nos apresentam diariamente imagens dramáticas de miséria, fome, doenças e morte. Sem paz, não pode existir uma forma de desenvolvimento econômico. A violência nunca gera paz, a condição necessária para o desenvolvimento.

A reunião dos Chefes de Estado e Governo das 20 economias mais poderosas , com 2/3 da população mundial e 9% do PIB global, não tem a segurança internacional como seu principal propósito. Todavia, a reunião certamente não esquecerá a situação no Oriente Médio e particularmente na Síria. É lamentável que, desde o início do conflito na Síria, interesses unilaterais tenham prevalecido e na verdade prejudicado a busca por uma solução que teria evitado o insensato massacre que agora se expande. Os líderes do G20 não podem permanecer indiferentes à situação dramática do querido povo sírio que já durou tempo demais, e ainda corre o risco de trazer mais sofrimento a uma região cruelmente testada por contendas e necessitada de paz.

Aos líderes presentes, para cada um e todos, eu faço um premente apelo para que eles encontrem maneiras de superar as posições antagônicas e abandonar a busca vã de solução militar. Em vez disso, que haja um compromisso renovado para buscar, com coragem e determinação, uma solução pacífica através do diálogo e da negociação entre as partes, unanimemente apoiada pelas comunidades internacionais.

Ademais, todos os governos tem o dever moral de fazer tudo o que for possível para assegurar assistência humanitária àqueles que estão sofrendo devido ao conflito, tanto dentro quanto fora das fronteiras do país.

Sr. Presidente, na esperança de que estes pensamentos sejam uma contribuição espiritual válida para V. reunião, eu rezo pelo êxito do trabalho do G20 nessa ocasião.

Eu invoco uma abundância de bençãos sobre a cúpula de São Petersburgo, sobre os participantes e os cidadãos dos estados membros e sobre o trabalho e esforços da presidência russa de 2013 do G20.

Enquanto peço suas preces, aproveito esta oportunidade para assegurar-lhe, Sr. Presidente, minha mais alta consideração.

Papa Francisco

Angelus by Pope Francis announcing a day of fasting and prayer for peace in Syria

Imagem removida pelo remetente. http://www.voltairenet.org/article180098.html

Deixe um comentário





Voltar à página anterior Imprimir esta página

Patrocinadores

  • logo_aa

Design e Desenvolvimento - MagicSite Internet Solutions